terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Feliz 2008


Desejamos a todos um 2008 com muita paz, saúde e cheio de realizações!
E muito Kleiton e Kledir, é claro!
Beijos

Feliz Natal


O fã-clube Corpo e Alma deseja a todos um super Natal!
Beijos

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

As principais manchetes quando eles nasceram


Oi pessoal!
Recebi um e-mail, achei interessante e fiz uma brincadeira com a nossa querida dupla.

As principais notícias que eram manchetes quando eles nasceram, os filmes que estavam em cartaz e as músicas que eram sucesso.

Quem quiser saber das manchetes quando deu o ar da graça clique aqui: http://istoe.terra.com.br/gentedinamica/aniversario/index.asp

Kleiton Ramil




Kleiton Ramil - 1951 - Getúlio, Bienal de São Paulo e O Apanhador no Campo de Centeio

Notícias

Getúlio volta à Presidência
Getúlio Vargas retornou à Presidência do Brasil, pela primeira vez eleito pelo voto popular. Depois de assumir o poder em 1930 com o apoio do movimento tenentista e dar o golpe do Estado Novo em 1947, Getúlio havia deixado o poder após as eleições de 1945 vencidas por Eurico Gaspar Dutra. Em 1950 ele se candidatou pelo Partido Trabalhista Brasileiro, o PTB. Derrotou o Brigadeiro Eduardo Gomes, da União Democrática Nacional, a UDN, e Cristiano Machado, do Partido Social Democrático, o PSD. Em 1951, Getúlio tomou posse e o povo cantou o sucesso de Francisco Alves que dizia “Bota o retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar”.

O Apanhador no Campo de Centeio
Em 1951 o americano J.D. Salinger publicou o livro O Apanhador no Campo de Centeio. O livro conta a história de um jovem de 17 anos de uma família rica de Nova York que é reprovado no internato em que estuda. Na volta para casa ele reflete sobre os acontecimentos de sua vida e procura pessoas importantes como um professor, uma antiga namorada e a irmã. O livro se transformaria num sucesso por ser um dos primeiros a tratar diretamente sobre o universo dos jovens, expondo seus conflitos, idéias e anseios de forma profunda mas usando a própria linguagem dos jovens.


A primeira Bienal de São Paulo
Foi inaugurada, no dia 20 de outubro de 1951, a I Bienal de Arte de São Paulo. O criador do evento foi Francisco Matarazzo Sobrinho. A cidade se transformou num centro internacional de artes plásticas. A exposição aconteceu num pavilhão montado no Parque Trianon e contou com 1800 obras de 21 países. Entre os artistas internacionais estavam Pablo Picasso, Marx Ernest, o escultor Max Bill entre outros. Os brasileiros foram representados por Cândido Portinari, Di Cavalvanti e Lasar Segal. A mostra seria vista por 100 mil pessoas em 66 dias.


Aniversariantes

Nelson Rodrigues (1912)
Glória Pires (1963)
Suzana Vieira
Tônia Carrero (1922)

Músicas

Delicado - Valdir Azevedo
Vingança - Linda Batista
Mambo Nº 5 - Perez Prado

Filmes

Sinfonia de Paris - Romance
Presença De Anita - Drama
Uma Rua Chamada Pecado - Drama
A Montanha Dos Sete Abutres - Drama

Kledir Ramil


Kledir Ramil

Notícias - 1953 - Stalin, Guernica e Guerra da Coréia

Guernica na Bienal de São Paulo
A II Bienal de São Paulo recebeu, em 1953, a célebre obra de Pablo Picasso, Guernica. O quadro foi pintado em 1937 em homenagem à cidade, que era o símbolo da resistência dos republicanos durante a Guerra Civil Espanhola e foi bombardeada por aviões alemães que apoiavam os nacionalistas partidários do general Franco. A cidade foi completamente destruída, cerca 1,5 mil pessoas morreram e outras mil ficaram feridas. Chocado com os acontecimentos, o pintor espanhol Pablo Picasso decidiu pintar um mural dedicado ao massacre. A obra foi mostrada no pavilhão espanhol da Exposição Internacional de Paris e ficou famosa em todo mundo.
Acaba a Guerra da Coréia
Após longos combates que duraram 3 anos a guerra da Coréia foi encerrada com a assinatura de um armistício entre a Organização das Nações Unidas (ONU), a China e Coréia do Norte. A Coréia havida sido dividida em dois territórios em 1948 em conseqüência das duas zonas de ocupação estabelecidas com o final da Segunda Guerra Mundial. Em 1950, a Coréia do Norte, de orientação socialista, invadiu a Coréia do Sul. A guerra foi o primeiro grande conflito armado do período da guerra fria. A China apoiou os norte-coreanos e os Estados Unidos enviaram tropas para lutar ao lado da Coréia do Sul. Nenhum dos estados ampliou o seu território com a guerra.

Morre Joseph Stalin
O ditador soviético Joseph Stálin morreu em 5 de março em 1953, aos 73 anos. Stalin governou a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas por 29 anos e no período ele estabeleceu uma política ditatorial e transformou o país numa potência industrial e nuclear. Stalin nasceu em 21 de dezembro (9 de dezembro no calendário juliano) de 1879, em Gori, na Geórgia, então anexada à Rússia imperial. Adepto das idéias de Karl Marx, entrou para a facção bolchevique do Partido Social Democrático Operário Russo. Após a Revolução Russa , em 1917, comandou o jornal comunista Pravda. Em 1922, foi eleito secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética (PCUS) e dois anos mais tarde ascendeu ao poder no país.

Aniversariantes

Plácido Domingo (1941)
Christian Dior (1905)
Geena Davis (1957)


Músicas

Cachaça - Carmen Costa e Colé
Mulher Rendeira - Cascatinha e Inhana
Uma Casa Portuguesa - A. Fonseca, Reinaldo Ferreira e Vasco Siqueira

Filmes


A um Passo da Eternidade - Drama
O Cangaceiro - Aventura
A Princesa e o Plebeu - Comédia/Romance
Os Boas-Vidas - Drama
Os Homens Preferem as Loiras - Drama

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Kleiton


Rose e Stella muito obrigada pelas fotos maravilhosas.

Super beijo!

Kleiton e Cia.


Kleiton e Cia.

Só felicidade, olha o rostinho delas!
Beijos

Fnac


Kleiton autografando seu livro na Fnac do Shopping Morumbi em Sampa, no dia 04 de dezembro.

Que assunto sério é esse hein Rose?

Créditos: Rose e Stella