quinta-feira, 29 de abril de 2010

AUTORRETRATO venceu o Prêmio Açoriano


AUTORRETRATO venceu o Prêmio Açoriano na categoria DVD DO ANO
É a mais importante premiação de música do sul


Prêmio mais que merecido!

Parabéns Kleiton & Kledir por mais esse sucesso!

Estamos orgulhosos da melhor dupla do mundo!

Beijos

Kleiton & Kledir : Segredos do meu Coração


Texto sobre Autorretrato no site do DJ Zé Pedro:

http://djzepedro.uol.com.br/web/texto/



Tem um texto que eu estou devendo aqui já faz alguns meses. Existe um disco que foi lançado, tomou meu coração e meus ouvidos e eu nunca postei nenhum comentário. Mas um email na minha caixa postal hoje me lembrou desse esquecimento: Kleiton & Kledir farão essa semana o show de lançamento do CD e DVD Autorretrato que eles gravaram em 2009.
Eu nasci em Porto Alegre, cresci no Rio de Janeiro e escolhi São Paulo para viver, uma confusão de cidades que acontece a muitos brasileiros. Portanto quando Kleiton & Kledir tomaram de assalto as rádios do Brasil em 1980, eu já conhecia aqueles verbetes gauchescos que estavam contidos em suas canções. E o povo daqui de cima amou: cantavam e se divertiam com “Deu Pra Ti”, “Tri Legal” e “Cobertor de Orelha”, gírias que só o povo do frio sulista conhecia até então. Mas a música deles tinha mais que isso: belos arranjos, duas vozes afinadas e sedutoras e uma já longa trajetória que incluía o grupo Almôndegas nos anos setenta do qual foram integrantes. Junto com eles também chegava um irmão mais novo, menos pop e mais complexo chamado Vitor Ramil que encantou Zizi Possi que foi a primeira intérprete a gravar uma composição sua.

Em seguida Kleiton & Kledir viraram hino de verão: a cantora Simone gravou Tô Que Tô em 1982 que foi tema de novela e hit radiofônico o ano inteiro. Paralelo a isso, a própria dupla tinha seus sucessos: Vira Virou, Fonte da Saudade, Nem Pensar, até pelo menos 1984 quando seus discos continuaram a sair mas a super-exposição começou a minguar. Os esforços para seguir em frente misturaram regravações, poucas inéditas e até uma tentativa de carreira solo de Kledir. E eu me esqueci da dupla.
Quando seus discos foram relançados em CD a chama acendeu novamente e a lembrança fez festa nos meus ouvidos até que no ano passado algo realmente importante aconteceu de novo para eles: o álbum Autorretrato repleto de inéditas relevantes, arranjos modernos e interessantes e a voz de Kleiton & Kledir em sua melhor forma. E nunca mais parei de ouvir. Produzido pelo galês quase brasileiro Paul Ralphes que também produziu Kid Abelha e Lulu Santos, e com um projeto de vídeo clipes bem humorados e inteligentes filmado por Edson Erdmann, o projeto foi lançado pela Som Livre. E eu sempre pensando em escrever esse texto que finalmente está aqui para você saber que no peito desse gaúcho de nascença bate um coração cheio de amor pela música de Kleiton & Kledir. O seu também deveria bater.

Preferidas Autorretrato:
Estrela Cadente
Só Liguei
História de Amor
Na Correnteza do Rio
O Tempo Voa
Ao Sabor do Vento
Só Prá Te Ver
Tudo Eu

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Kleiton & Kledir têm história no cenário musical


Kleiton & Kledir têm história no cenário musical.

Não é à toa que a dupla era conhecida como a causa de cabelos brancos e aborrecimento dos pais mais conservadores das fãs enlouquecidas e o meu era um deles.
Para os pais eles eram considerados moderninhos demais, tipo, eram artistas que tinham coragem de falar a palavra Tesão.
Ouvir Kleiton & Kledir na minha casa era uma tortura, mas adolescente é adolescente e rebeldia faz parte do vocabulário, e claro, muitas vezes tive que mudar a faixa, principalmente quando estava ouvindo Can Can do Brasil, Roda de Chimarrão, o Analista de Bagé, Saiçú e por aí vai, bom, eu mudava a faixa, mas não tirava o disco.
Tenho outras histórias pra contar, mas fica pra depois.

E como eu disse, a dupla causou no cenário musical quando teve suas canções censuradas.
Can Can do Brasi, Roda de Chimarrão e o Correio esqueceu de citar O Analista de Bagé. Deviam ter me perguntado, eu saberia... rsrs, fã...
Todas vedadas pela Censura Federal – Proibida a Radiodifusão e Execução das músicas...

Hoje saiu no Correio Braziliense uma reportagem falando dos artistas que sofreram censura, Kleiton & Kledir entre outros...
Divisão de Censura de Diversões Públicas.

É cá entre nós, as canções que eles escreveram décadas passadas continuam atualíssimas, os caras pensavam muito lá na frente.
Kleiton & Kledir, né gente?

Valéria Cavalcante

Canções censuradas







As músicas vedadas estão nos LPs Kleiton & Kledir – 1983 com O Analista de Bagé e Kleiton & Kledir – 1984 com Can Can do Brasil e Roda de Chimarrão.

O disco era vendido com o selinho na capa.

Para relembrar...

Can Can do Brasil (Kleiton Ramil)
isnspirada no poema do Fogaça "Pendão do Brasil"


Oh! Can Can do Brasil
Abre as portas Brasil feliz
Vem cantar e dançar
Nesse palco tão tropical
Vem comprar, tem jabá
O cenário amazônico
Ouro em pó, guaraná
Na orgia final
Oh! Brasil desse povo tão varonil
Tens as coxas até o nariz
Dessa gentinha à toa.
Quem me diz
Que é preciso pra ser feliz
Ter amor pelo meu país
Ainda nessa vida
Oh! Can Can do Brasil
Abre as pernas Brasil feliz
Que emoção, pede BIS
Pela mão do FMI
Pelo sim pelo não
Abre as pernas Brasil feliz
Bela atriz por um triz
Não se vai ao porão.


Roda de Chimarrão (Kleiton Ramil e Kledir Ramil)

Esquentei a água no fogareiro do Mboitatá
Tô cevando um mate com erva boa da barbaquá
E vamo charlando e contando causos que "já lá vão"
É o sabor do pampa, de boca em boca, de mão em mão
Acendi uma vela, que é pro Neguinho nos ajudar
A encontrar as estórias, porque a memória pode falhar
E sabedoria é fechar o amargo e viver em paz
Mate e cara alegre, porque o resto a gente faz
Puxa um banco e senta
Que tá na hora do chimarrão
É o sabor do pampa
De boca em boca, de mão em mão
Puxa um banco e senta
Vem cá pra Roda de Chimarrão
Vem aquece a goela
E de inhapa a alma e o coração
Dizem que não presta mijar cruzado pois dá azar
Se grudou os cachorros só água fria pra separar
Diz que palma benta, pra trovoada, é o melhor que há
E se assobiar o Minuano, é certo que vai clarear
Minha vó me disse que andar descalço dá mijacão
Cavalo enfrenado na lua nova fica babão
Com passarinheiro e mulher sardenta é bom se cuidar
E quem vai depressa demais, a alma fica prá trás
Puxa um banco...
O melhor pra tosse é cataplasma e chá de saião
Pra acabar com a gripe só sabugueiro ou então limão
Pra curar berruga é benzer pra estrela e invocar Jesus
Contra mau olhado, um galho de arruda e o sinal da cruz
Chá de quebra pedra, ipê, arnica e canela em pó
Hortelã, marmelo, marcela, boldo e capim cidró
Tudo tem remédio: churriu, cobreiro e má digestão
Só pra dor de amor é que não tem jeito nem solução.

O Analista de Bagé (Kleiton Ramil e Kledir Ramil)
baseado na obra de Luis Fernando Veríssimo

Digo buenas e me espalho
E já vou puxando a faca
Nem toda mulher é vaca
Mas toda vaca é mulher
Sempre fui solito aos pé
Dispenso acompanhamento
Eu mesmo me apresento:
Analista de Bagé
Sou natural da fronteira
Batizado num regato
Guri criado no mato
Campeão de guerra de bosta
De truco e nado de costa
Já barranqueei muita égua
Mas hoje em dia dei trégua
Isso é coisa prá quem gosta
Freudiano barbaridade
Sou doutor em joelhaço
Louco se cura é no laço
Encho de tapa o bagual
Ou mateando, coisa e tal
Pos chimarrão ilumina
As idéia e as urina
E desembucha o animal
Lindaura, a recepcionista
É trigo e se não me engano
Só dá uma vez por ano
Mas quando vem fico louco
A nega véia é um sufoco
Além do mais é de graça
Aquela china buenaça
Não é de se dar pros porco
Dos causo que me aparece
Os Édipo são os mais chatos
Grudam que nem carrapato
Nas comadre, assim no más
Não te fresqueia, rapaz!
Tua mãe já tá na lona
Vai lá te meter na zona
E deixa essa velha em paz
Uma chinoca gasguita
Mas especial de primeira
Me veio flor de faceira
Tinha furor uterino
Mas tchê, que baita pepino!
Joguei ela nos pelego
E acalmei o borrego
Como manda o figurino
Não hai veado gaúcho
Nem nunca houve na história
São correntes migratórias
Que se vieram que nem churrio
Ou, bueno, a alguém permitiu
Enquanto Deus cochilava
Ou então é porque já tava
Preenchida a cota do Rio
E já me voy despacito
Ganhando o lado das casa
Quando eu falo, viro brasa
Sou um índio meio grosso
Salta a veia do pescoço
E seja o que Deus quiser
Tô a gosto, vou de a pé
Tranquilo feito água em poço.

Kleiton & Kledir e a censura




O fim depois do fim: mesmo com a redemocratização, a censura se arrastou por mais três anos




Histórias de compositores que foram censurados na ditadura“As referências depreciativas (de Can can do Brasil) ferem a dignidade nacional. Em Roda de chimarrão há emprego de linguagem grosseira, imprópria à boa educação do povo”Processo de Can can do Brasil e Roda de chimarrão, de Kleiton e Kledir, em 19 de novembro de 1984.




As músicas foram vetadas para as rádios




KLEITON E KLEDIR“O máximo do absurdo”


Em 19 de novembro de 1984, a dupla gaúcha Kleiton e Kledir enviou as letras de Can can do Brasil e Roda de chimarrão para apreciação federal. As duas foram barradas. A primeira, vitimada por “referências depreciativas que ferem a dignidade nacional”. A segunda, pela “linguagem grosseira, imprópria à educação do povo” — a palavra “mijação”, incluída numa letra sobre crendices populares, virou o centro da discórdia. Em Can can do Brasil, composta por Kleiton Ramil, ainda se tentou uma alteração em alguns trechos: “Tens a coxa até o nariz”, por exemplo, virou o enigmático “tens até o nariz”. Mas como retocar o verso “abre as pernas, Brasil feliz”? “Esses dois casos dão uma amostra bem clara da falta de critério e de bom senso na forma como era feito esse tipo de análise na época. Eles mandavam sugestões para alterarmos as letras. O que era o máximo do absurdo. E tivemos que conviver com isso ainda por um bom tempo”, afirma Kledir. As músicas foram proibidas para radiodifusão, mas lançadas em disco. “A ditadura estava se esfarelando. No início dos anos 1980, começam a anistia dos presos políticos, as manifestações pelas eleições diretas. Existia o processo de abertura. O que era estranho para nós é que, se começávamos a respirar um pouco mais, a estrutura da censura continuava existindo. Demorou para acompanhar esse ritmo, mais do que os próprios militares”, observa o músico.


Créditos: Correio Braziliense




Agenda - A todo vapor


Radio MPB-FM
www.mpbfm.com.br
28/04, Quarta-feira
às 17h00
Chat das 5
com Kleiton & Kledir
.
Kleiton & Kledir no Teatro Rival
30/04/2010 - Sexta-feira
às 19:30 h
Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de Janeiro
Rio de Janeiro - RJ
.
Kleiton & Kledir no Teatro Rival
01/05/2010 - Sábado
às 19:30 h
Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de Janeiro
Rio de Janeiro – RJ
.
Kleiton & Kledir no Citibank Hall - São Paulo
Data: 06/05/2010 - Quinta
Citibank Hall - 21:30 hs
Al. dos Jamaris, 213 - Moema -São Paulo

terça-feira, 27 de abril de 2010

Chat - Kleiton & Kledir


Amanhã 28/04, Quarta-feira
Chat das 17h00min com Kleiton & Kledir

Basta entrar no site:
http://www.mpbfm.com.br/


Contatos:
21 25425956
21 81836239
24*45052
bl@matrix.com.br

terça-feira, 20 de abril de 2010

K&K e orquestra


Projeto Concertos CEEE abre temporada com Kleiton e Kledir , em ...
de Jean Romeiro
Kleiton e Kledir Deu Pra Ti Arranjo: Kledir Ramil.

Regente: Antonio Carlos Borges-Cunha.


Concertos CEEE – abertura da temporada dia 25 de abril, domingo, às 11h: Convidados:

Kleiton e Kledir.

Ingressos: um quilo de alimento não perecível
Porto Blog - http://www.portocultura.com.br/portoblog/



Projeto Concertos CEEE abre temporada com Kleiton e Kledir , em Porto Alegre
Os irmãos, Kleiton e Kledir (Foto: Rodrigo Lopes) O projeto Concertos CEEE, na Capital gaúcha, está sempre conectado com a cultura gaúcha. Neste ano em que a orquestra do teatro completa 25 anos, a programação será um verdadeiro presente ao público, que já no primeiro espetáculo da temporada, em 25 de abril, assistirá a dois dos mais... [Leia Mais]

http://www.portocultura.com.br/portoblog/

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Agenda


Entrevista com Kleiton & Kledir – Especial K&K Rádio Nikkey

A Rádio da comunidade brasileira no Japão




Data: 09/04 (sexta)

às 22 horas (entrevista ao Vivo por telefone)


Programa: Conexão Brasil Apresentação: Jb Júnior

O programa tem início às 21hs até 24 hs.

Convidamos todos a entrarem no chat do programa à partir das 21hs.



K&K no Festival de Verão de Pedro Leopoldo

Data: 18/04/2010 - Domingo

Horário: 20:00

Praça da Estação – Minas Gerais – MG.



Kleiton & Kledir no Theatro São Pedro

Data: 25/04/2010 - Domingo

Horário: 11:00 h

Praça Marechal Deodoro, s/nº

Concertos CEEE com Orquestra do Theatro São Pedro Porto Alegre – RS.



Kleiton & Kledir no Teatro Rival

Data: 30/04/2010 - Sexta-feira

Horário: 19:30 h

Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de JaneiroRio de Janeiro - RJ.



Kleiton & Kledir no Teatro Rival

Data: 01/05/2010 - Sábadoàs

Horário: 19:30 h

Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de Janeiro – RJ.



Kleiton & Kledir no Citibank Hall - São Paulo

Data: 06/05/2010

Quinta Citibank Hall -

Horário: 21:30

Al. dos Jamaris, 213 - Moema -São Paulo

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Iscas Intelectuais


Iscas Intelectuais é um site na internet onde Kledir tem uma coluna sempre a cada 15 dias e
faz parte de um portal chamado Café Brasil, que acaba de ser renovado
se quiserem dar uma olhada, tá lá.


http://www.portalcafebrasil.com.br/forum/tipo-assim/a-entrega-do-oscar#48

ou o end geral do portal:

http://www.portalcafebrasil.com.br/

Tem também um postcad do programa de rádio do Luciano Pires, inspirado no Tipo Assim

Vale a pena conferir!


Beijos!

terça-feira, 6 de abril de 2010

Cancelado o show na praia do Leme


A Prefeitura cancelou os shows programados para esse final de semana no Viradão Cultural
O Rio está um caos e não faz sentido qualquer tipo de festa neste momento
O show será transferido

Obrigada Kledir!

Agenda - A todo vapor


Kleiton & Kledir no Viradão Cultural
Data: 10/04/2010 – Sábado
Horário: 18 hs
Ar Livre - Praia do Leme
Rio de Janeiro – RJ
.

K&K no Festival de Verão de Pedro Leopoldo
Data: 18/04/2010 - Domingo
Horário: 20:00
Praça da Estação – Minas Gerais – MG
.

Kleiton & kledir no Theatro São Pedro
Data: 25/04/2010 - Domingo
Horário: 11:00 h
Praça Marechal Deodoro, s/nº
Concertos CEEE com Orquestra do Theatro São Pedro
Porto Alegre – RS
.

Kleiton & Kledir no Teatro Rival
30/04/2010 - Sexta-feira
às 19:30 h
Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de Janeiro
Rio de Janeiro - RJ
.

Kleiton & Kledir no Teatro Rival
01/05/2010 - Sábado
às 19:30 h
Teatro Rival - Rua Álvaro Alvim, 33 / 37- subsolo - Cinelândia - Rio de Janeiro
Rio de Janeiro – RJ
.

Kleiton & Kledir no Citibank Hall - São Paulo
Data: 06/05/2010 - Quinta
Citibank Hall - 21:30
Al. dos Jamaris, 213 - Moema -São Paulo

Kledir no SporTV